quinta-feira, 16 de junho de 2011

Opinião: Compondo um hit

E nessa semana os fãs de Britney Spears estão querendo matá-la. Por quê? Ela deu a canção '"Whitplash", composta por ela, para a pop teen Selena Gomez. Resultado: ficou ótimo na versão dela. Mas não é a primeira vez que um compositor coloca nas mãos de outro uma grande promessa de hit. Ke$ha fez isso com Britney, mesmo sabendo que "Till The World Ends" seria sucesso. Em sua entrevista à New York Magazine, ela disse que isso serviu como uma atestado de boa compositora, isto é, ela não é apenas uma cantora que canta bem, mas também é uma criadora de hits. Aqui no Brasil, recentemente tivemos a mesma situação com a famosa "Fugidinha". O que era pra ser uma composição para preencher CD, se tornou um hit que impulsionou a carreira de Michel Teló (e deixou a carreira de Rodriguinho, o compositor, abandonada lá nos anos 90).

Mas como saber que aquilo que você compôs será um hit? Como ter certeza que irá fazer sucesso? Muitos garantem que um refrão chiclete - aqueles bem fáceis de decorar e que não saem da cabeça - são essenciais para obter um bom resultado. Concordo com isso e vou mais além: uma boa produção e uma melodia bem marcada ajudam, e muito na música, principalmente se ela for do gênero pop. 

No caso de Ke$ha acredito que ela tenha feito uma ótima escolha, já que ela está ainda traçando os trilhos. Já  Britney talvez tenha desperdiçado um grande trunfo da carreira. De acordo com alguns sites, Britney irá cantar apenas 40% das músicas na sua nova turnê, além do mais ela não está em sua forma antiga, há uma nova Britney que dança, mas não do mesmo jeito que em 2001. Começar a compor suas próprias músicas e gravá-las faria com que Britney não perdesse o seu posto. O problema está em uma cantora que quase não canta (gosto muito da voz dela, pena que a gravadora não tem a mesma opinião) e que agora quase não dança direito. Se ela não faz isso, o que ela faz em cima de um palco? Por isso se firmar como compositora a deixa ainda por cima. Ela continua uma popstar, ela continua dando contribuições ao gênero e quem sabe podendo até o modificar.

Nenhum comentário: