terça-feira, 7 de junho de 2011

Opinião: "Bang Bang Bang" de Selena Gomez e "Party" de Beyoncé

Dois lançamentos agitaram o mundo do pop hoje pela manhã. Selena Gomez com "Bang Bang Bang" e Beyoncé com o vazado "Party". Vamos aos comentários:


Selena usou e abusou da batida eletrônica como várias divãs vem usando. Particularmente, ela é uma das poucas da lista que soube usar esse meio sem se tornar uma nova cantora da música eletrônica. O vocal está ótimo e acredito que é isso que ajuda a medir a música eletrônica com o pop. Enfim, a música é boa, é dançante, é ótima para se jogar na balada. Mas, desculpe fãs, ela não trouxe nenhuma novidade, apenas uma boa música.

Ouça "Party" de Beyoncé aqui.

Já Beyoncé nos surpreende a cada faixa, né? Dessa vez ela ataca com uma balada que é bem a cara dela (não sei porque, mas me lembrei de Ego, faz sentido?). Juro que quando vi o nome esperava algo mais parecido com "Run the World", mas gostei do que ouvi. Dos singles vazados apenas o primeiro traz algo diferente. Todos os singles já divulgados trazem a Beyoncé que já conhecemos: divônica e poderosa. Outro single muito bom, mas sem novidades.



O que li pela manhã dos fãs é a grande preocupação do CD flopar. Sinceramente, se os fãs comprarem o CD e divulgarem, ele não irá flopar. A Beyoncé que está sendo apresentada nesse álbum é a Beyoncé que todos conhecemos, com sua música e sensualidade. Claro que ao ouvir "Run the World" todos nós esperávamos algo super dançante alá Beyoncé feat. Axé. Mas o que ela está apresentado é ela mesma. A que sempre foi. Por isso que digo que quem é fã, vai gostar do que foi apresentado. 

É claro que para um CD ser sucesso precisa muito mais do que os fãs. Mídia e divulgação talvez seja os principais requisitos. Tá aí Lady Gaga que não nos deixa mentir. Claro que depois de "Single Ladies" fica difícil, pois se superar é muito difícil, ainda mais se o que você fez anteriormente foi um dos clipes mais copiados de todos os tempos. Acredito que o importante para um artista não é gravar algo para ficar nas paradas de sucesso, mas sim poder se expressar, mostrar ao mundo quem ele é, seus sentimentos, suas angústias. Lembrem-se: quem pensa em parada de sucesso é gravadora, e gravadora não é arte!

Nenhum comentário: