sexta-feira, 17 de junho de 2011

Opinião: Clipe "The Edge of Glory" de Lady Gaga

E ontem Lady Gaga lançou o clipe "The Edge Of Glory", faixa que fecha o CD 'Born This Way':



Tão logo saiu, começou a chover gente falando 'não gostei'. Uns disseram que foi simplista demais, outros que não tinha roteiro. O fato é que poucos gostaram do clipe.

Particularmente, não vejo muito nesse clipe a não ser a função de promover o single (que para mim nem precisaria ser promovido, porque todas as rádios já tocam e já está se tornando uma música facinha de ver em vários programas na TV). E como eu já falei em um post anterior, pra mim ele cumpre muito bem o papel de fechar todo o CD. Além disso, depois do comercial feito para o Chrome, achei que ia aparecer mais motos e ação. Porém, não há nada disso. Há apenas uma Lady Gaga (ou nesse caso a Stefani?) dançando e curtindo a música.

Mas talvez o legal do clipe esteja no clima em que ele foi apresentado. Depois de nascermos (de um jeito bem nojento, diga-se de passagem) e vivermos uma verdadeira via crúcis em Judas, agora paramos e voltamos aos longínquos anos 80, onde a preocupação não era fazer um clipe contando a história de ninguém, mas sim fazer um clipe curtindo a música. E isso ela faz muito bem.

Concordo que deveria haver mais coreografia, deveria haver mais cortes, deveria haver mais agitação. Mas não há. E nem por isso a música deixa de ser brilhante. Acho que quando falamos de Lady Gaga a gente espera sempre algo grandioso. Se ela vir simples, do jeito que ela é, nos decepcionamos e achamos que ela precisa fazer mais. Mas na verdade não é ela que precisa fazer mais, somos nós que precisamos rever alguns conceitos.

Nenhum comentário: